Santa Casa de Misericórdia da Bahia

Categoria: Ação Social

Critério: Escores de desempenho

Há 468 anos, a Santa Casa da Bahia cumpre o compromisso ininterrupto de assistir os que precisam, atuando para impactar positivamente a vida de milhares de baianos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A instituição segue com significativas realizações em seus projetos de assistência social, que hoje assistem continuamente cerca de 2.000 pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos, e também prestam outros milhares de atendimentos. As ações são realizadas por meio de Atividades Extracurriculares, em Centros de Educação Infantil, no Programa Avançar - Centro de Referência em Promoção Social e Capacitação, na Casa de Saúde Solange Fraga e no Voluntariado. Durante o ano de 2016, a Santa Casa da Bahia deu prosseguimento a todas estas iniciativas, com aprimoramento de gestão e fortalecimento do trabalho com a comunidade e instituições. No Bairro da Paz, onde a instituição concentra especialmente seus projetos de assistência social, a instituição mantém o Programa Avançar. No local, 1.053 crianças, jovens e adultos participaram de projetos de qualificação profissional, geração de renda e formação para a cidadania. Adultos moradores da comunidade receberam formação para trabalhar como assistente administrativo, cabeleireiro assistente, costureira industrial, porteiro/vigia e recepcionista. Já crianças e jovens participaram do Núcleo de Prática Orquestral e Coral, mantido pela Santa Casa da Bahia em parceria com o NEOJIBA, das atividades de estímulo ao empreendedorismo do Coletivo Jovem, do Curso de Desenho e da Escola de Informática e Cidadania. Com orientação nutricional, 26.257 lanches foram servidos para o público atendido no Programa Avançar em 2016. Alunas da Escola de Informática criaram o aplicativo JC Bairro da Paz, premiado como um dos dez melhores apresentados no evento APPS Bahia, promovido pela RECODE – Reprogramar para Transformar, ONG com atuação em diversas comunidades do Brasil. No mesmo ano, quatro salas de música, com climatização e tratamento acústico, foram construídas para aulas e ensaios do Núcleo de Prática Orquestral e Coral. Desde então, a nova infraestrutura vem contribuindo para o melhor desenvolvimento musical das 130 crianças e adolescentes que integram o projeto com instrumentos de sopro e percussão. Também instalada no Programa Avançar, a Biblioteca Comunitária Graciliano Ramos, aberta a toda a comunidade do Bairro da Paz, bastante procurada por crianças e adolescentes, sobretudo, contabilizou 1.164 empréstimos em 2016. A unidade, que recebe cerca de 30 visitantes por dia, também seguiu com os projetos de incentivo à leitura, como o Clube do Livro, e de valorização à cultura literária local, como o Sarau da Paz, ambos realizados uma vez por mês. Fruto da parceria entre a Santa Casa da Bahia, o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia e a Faculdade Unyahna, o Balcão de Justiça e Cidadania confere orientação e assessoria jurídica aos moradores do Bairro da Paz, com 2.622 atendimentos no ano de 2016. O Programa Avançar também promoveu, em conjunto com a UNIFACS, o projeto Conexões e Redes, que preparou jovens com idade a partir dos 15 anos para o ENEM, com aulas de matemática, português, redação e inglês. Os jovens do Bairro da Paz também participaram de testes vocacionais aplicados em parceria com a Faculdade Ruy Barbosa. O Avançar também passou a prestar acompanhamento psicológico para a comunidade do Bairro da Paz, com o apoio da Faculdade UNIRB e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). A Santa Casa da Bahia mantém sete Centros de Educação Infantil – seis deles no Bairro da Paz e um em Nazaré –, onde cerca de 700 crianças, com idade de 2 a 5 anos, são atendidas com educação em período integral, quatro refeições diárias, assistência nutricional, psicológica e pedagógica, além de acompanhamento social junto às famílias. Em 2016, o Projeto Político Pedagógico das unidades foi totalmente revisado. O processo foi longo e envolveu toda a comunidade na reflexão do exercício profissional, contemplando todos os saberes envolvidos, seus fundamentos e práticas nos Centros de Educação Infantil. Dentro do campo das Atividades Extracurriculares, também no Bairro da Paz, a Santa Casa da Bahia mantém três projetos: Apoio Pedagógico, Qualidade na Terceira Idade e Corpo e Movimento. Dentro do Apoio Pedagógico, 102 crianças, matriculadas na rede municipal de ensino, com idade de 6 a 11 anos, com dificuldades de aprendizado e aquisição da leitura, foram acompanhadas, somando mais de 1.800 horas/aula, em 2016. Trinta e oito oficinas, em áreas como artesanato, fisioterapia, informática e outras, foram realizadas com idosos da comunidade no Qualidade na Terceira Idade, com o objetivo de promover a alta autoestima e desenvolver o intelecto. Quinhentas crianças, alunas dos Centros de Educação Infantil que a Santa Casa mantém no Bairro da Paz, participaram de aulas de música, dança e capoeira, desenvolvidas em 2016 com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Na Casa de Saúde Solange Fraga, 137 crianças e adolescentes cadastradas geraram volume médio de mais de 400 atendimentos mensais. A unidade acolhe pacientes pediátricos do interior da Bahia, juntamente com um acompanhante, em tratamento de câncer e cardiopatias no Hospital Santa Izabel, com seis refeições diárias, acesso a medicamentos, acompanhamento psicossocial e escolar. As inciativas de Assistência Social da Santa Casa da Bahia ainda contam com o setor de Voluntariado, composto por 200 voluntários, que atuam como contadores e ouvidores de história, palhaços, aplicadores de REIKI, amamentadoras e contadores de notas fiscais. Eles também ministram práticas de bem-estar e aulas de capoeira. Em 2016, 17. 512 pessoas atendidas na Santa Casa da Bahia, pacientes do Hospital Santa Izabel ou beneficiadas com os projetos sociais, foram impactadas

Critério: Relevância para a sociedade

Assistir socialmente os baianos é uma prática secular da Santa Casa da Bahia desde a sua fundação, em 1549. Com o passar do tempo, a instituição cresceu e ampliou sua área de atuação, mas sem nunca perder sua essência e principal razão de existir: contribuir com a promoção humana de crianças, jovens e adultos que vivem em situação de vulnerabilidade social. Os projetos da instituição são permanentes e, desde 2002, estão concentrados em maior parte no Bairro da Paz. A localidade tem moradores que sofrem com as consequências da falta de oportunidades e direitos sociais. Com os Centros de Educação Infantil, o Programa Avançar e as Atividades Extracurriculares, a Santa Casa da Bahia participa do crescimento e da construção de milhares de seres cidadãos, todos os dias. Em 14 anos, mais de 15 mil pessoas já foram diretamente beneficiadas pelos projetos de assistência social da entidade. E este número não vai parar de crescer.