Cuidare

Categoria: Serviço de Home Care

Critério: Inovação

A profissionalização da Gestão Médico assistencial é um desafio nas empresas de Home Care e o ano de 2016 foi decisivo para a Cuidare implementar métodos e ferramentas da alta administração aliados à protocolos, guidelines e boas práticas da assistência e segurança do sistema de saúde, e não exclusivamente do paciente assistido. Para tanto, a empresa registrou naquele período a atualização do Planejamento Estratégico, com revisão dos valores organizacionais e mapeamento estratégico, inclusive com definição de metas arrojadas e sistemas de monitoramento em 100% das metas. A partir deste fundamento, foi construída a nova política de Gestão de Pessoas, o que passou a definir criteriosamente etapas e processos de recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, inclusive para a revisão das funcionalidades da Alta gestão da empresa, que passou por uma reengenharia dos cargos e funções com otimização das competências mediante perfil e capacidade técnica. Nesta linha, os investimentos em capacitações e atualizações, participação em eventos técnicos científicos, novos processos de controle e redução de custos deram um salto na proporção do desafio da Cuidare em alcançar a missão institucional de “Ser o Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) a cuidar do maior número de pacientes no Estado da Bahia até 2020”.

Critério: Credibilidade / Assistência

Vivenciar no cotidiano da assistência o exercício da Missão institucional da Cuidare, parcialmente descrita como “Proporcionar uma experiência em saúde acolhedora e segura”, está diretamente relacionado à credibilidade consolidada pelos serviços prestados pela empresa ao longo de sua trajetória de ascensão no mercado de saúde no interior da Bahia. O salto de qualidade nesta relação entre os esforços empreendidos pela empresa e a experiência vivenciada pelo paciente e família se efetivou em 2016 a partir da implementação dos Princípios de Segurança do Sistema de Saúde e Gestão de Qualidade. A preparação para a busca da Acreditação Hospitalar está em plena execução, com destaque para a definição de uma Gerência específica com cadeira na alta direção, sistematização da Política de Segurança do Paciente e Política de Saúde e Segurança Ocupacional, Política de Custos, Política de Qualificação de Fornecedores, Monitoramento de eventos adversos, mitigação de riscos inerentes ao exercício profissional, sistematização das Comunicações junto ao paciente e família, entre outros. A efetivação do cuidado causando o mínimo de dano indesejável ao cliente somente é possível a partir do planejamento e construção conjunta de ferramentas de identificação e gerenciamento de riscos para todos e por todos os atores sociais envolvidos no processo do cuidar. Como resultado, a experiência do paciente garante o cumprimento da integralidade da missão institucional, complementada pelo “foco em sustentabilidade, resultados e melhorias contínuas”.

Critério: Novos investimentos

Com 12 anos em Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), a Cuidare atua em três frentes estratégicas: internação e assistência domiciliar; remoção de pacientes; e cobertura de eventos. Este escopo de serviços fundamenta um arrojado plano de expansão da área de abrangência no interior da Bahia, mantendo Unidades consolidadas nas cidades de Itabuna, Vitória da Conquista, Jequié, Teixeira de Freitas, Itapetinga e Santo Antônio de Jesus. A Cuidare é hoje a maior empresa de Home Care do interior da Bahia em número de pacientes assistidos, excluindo a região metropolitana e recôncavo. Esta posição foi conquistada com o aumento estratégico da carteira de convênios, o que dobrou o número de pacientes no prazo de 1 ano e meio, aumentando significativamente seu faturamento. A abertura de novas unidades, a ampliação de serviços e a consolidação da imagem institucional somente foram possíveis a partir do redesenho organizacional fundamentado no redirecionamento da política de investimentos, hoje focada em quatro macroáreas: Pessoas, Inovação e Tecnologia, Gestão da Qualidade e Segurança, e Política e Expansão.

Critério: Visibilidade de mercado

Consolidada as novas estratégias junto ao público interno, a Cuidare ampliou a política de comunicação com o público externo e o ano de 2016 marcou a retomada da Gestão da Comunicação Organizacional, com destaque para reestruturação da imagem institucional, apoio à política de expansão e forte presença em mídias digitais e redes sociais. A mudança na política de investimento em Comunicação se deu, inicialmente, com a previsão no orçamento anual, livre de contingenciamento e a imediata seleção e contratação de empresa especializada com know-how no mercado de comunicação da saúde, demandando e executando estudos e atualização de logomarca, lemas e slogan; definição dos stakeholders, políticas e ferramentas específicas para diferentes públicos, metrificação e monitoramento permanente. Como resultado, a Cuidare mantém hoje na rede versão interativa do site institucional, gestão de contas e perfis nas principais redes sociais, como Facebook e Instagram, patrocínio e merchandising em eventos estratégicos. Entre as mídias tradicionais, segue com investimento em consolidação de marca através de praças estratégicas de outdoor, mídias em jornais e sites, além de peças de apoio como cartazes, flays e folderes. A mais recente campanha focou estrategicamente no Serviço de Remoção de Pacientes, conteúdo específico para diferentes mídias disseminado simultaneamente e considerado um case de sucesso.